Dividindo (semana 01/06 a 07/06) "Quem é você?"

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Dividindo (semana 01/06 a 07/06) "Quem é você?"

Mensagem  Rafa em Ter Jun 02, 2009 9:21 pm

Quem é você?


Deus me chama pelo meu nome, e não respondo porque não sei meu nome.*

Esta frase de Brennan Manning me levou a pensar em algo muito importante: na minha identidade como filho de Deus. Quero aqui registrar o que tenho ganhado e espero que também possam pensar no assunto. A pergunta central dessa semana é “quem é você?”. Em poucas palavras, tente explicar para você mesmo o que primeiro lhe vem à mente quando se depara com esta interrogação.

Ocorre que muitas vezes somos abalados pelas situações da vida porque não temos certeza de algumas verdades que são essenciais para firmeza em nossa fé e em nossa personalidade.

De maneira muito sutil, muitas das situações que querem limitar nossa vida e até mesmo nos tirar da presença de Deus são baseadas em destituir nossa certeza de quem somos. Foi assim com Adão e Eva – eles tinham uma vida próxima de Deus, não viviam no pecado e tinham tudo de melhor que Deus poderia lhes proporcionar naquele jardim. Eles não sabiam que já sabiam de tudo que lhes era necessário saber. A serpente questionou quem eles eram e por não se reconhecerem amados o suficiente por Deus, quiseram se fazer como Ele (Gêneses 3).

Assim também foi com Jesus, após o tempo em que passou no deserto jejuando, foi tentado. Diz a Bíblia em Mateus, capítulo quatro, que o Tentador provocou Jesus para que transformasse pedras em pães, que desse ordem aos anjos para lhe servirem e, por fim, para que lhe adorasse. O tempo todo o que o Tentador quis questionar foi se Cristo era mesmo o filho de Deus. Se Ele não se reconhecesse como tal, teria dado razão ao Inimigo, até mesmo para tentar provar que estava certo em suas posições. Ele não precisou provar nada a ninguém, dado a certeza que tinha de sua identidade. Por ter certeza de quem era, Jesus não se perdeu em meio ao tamanho poder que teve. Ele sabia como o Pai o considerava e o que tinha guardado para Ele.

Para firmarmos nossos pés, o primeiro fato que temos de ter claro é que Deus nos ama (João 3:16). Outro, é o reconhecimento de que somos pecadores (Romanos 3:23). A princípio essas duas verdades são algo altamente compreendido por nós. A partir dessas duas afirmações temos outras de mesma importância, mas que muitas vezes temos certas dúvidas. Se um dia entregamos nossas vidas nas mãos de Deus e aceitamos a Cristo como nosso Senhor e Salvador estamos salvos (João 1:12) e já temos o melhor que poderia acontecer conosco (II Coríntios 5). Daí que não precisamos mais viver uma série de situações, não precisamos ter um tanto de outros sentimentos, e precisamos, sim, viver a liberdade dessas afirmações (Romanos 8:32).

Se alguém me faz a pergunta “quem é você?” quero responder que sou um filho de Deus amado, perdoado e que luta para viver Seus sonhos. Reconheço a dificuldade envolvida nesse processo, a gente erra tentando acertar, mas é sob esta perspectiva que vejo e desejo viver. Fatalmente, qualquer situação ruim que possa ser levantada por qualquer um tem, de uma ou outra forma, resposta no que discutimos nesse texto.

Por fim, pergunto: você sabe quem é? O que falta em sua vida hoje a não ser reconhecer-se filho de Deus?

* Convite à Loucura – Brennan Manning; traduzido por Sueli Saraiva – São Paulo: Mundo Cristão, 2007.
avatar
Rafa

Mensagens : 131
Data de inscrição : 21/01/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum