Dividindo (semana 14/06 a 20/06) "Tensão superficial"

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Dividindo (semana 14/06 a 20/06) "Tensão superficial"

Mensagem  Rafa em Ter Jun 16, 2009 7:42 pm

Tensão superficial


Está escrito em Tiago para que não sejamos apenas ouvintes da Palavra, mas também praticantes (Tg 1:22). Já na época dos apóstolos havia surgido um pensamento religioso que viria a ser denominado gnosticismo pela Igreja Primitiva. Tal corrente de pensamento via no conhecimento a base para a salvação do homem (1Jo 2:4). Mas o que Deus fez não foi dar entendimento ao homem para que o conhecesse teoricamente. Verificamos justamente o contrário – ele agiu na prática vindo até nós por meio de Cristo. "Mas Deus prova o seu amor para conosco, em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores." [Romanos 5:8].

Poderia terminar por aqui com as idéias e fazer uma única pergunta para nos ajudar a pensar no assunto, mas não atingiria a profundidade que desejamos. Para conseguirmos pensar melhor em que implica viver a prática do evangelho de Cristo, quero dar um exemplo:

Jesus estava em uma praia quando levaram a ele uma mulher pega em pecado – ela havia praticado sexo fora do casamento, adulterado [Jo 8]. Pela lei judaica, merecia morrer (Lv 20:10). Mas Jesus a amou de maneira prática e fez com que ela não só não fosse morta, bem como recebesse seu perdão pessoal. É fácil perceber isso quando lemos sobre a crucificação e ela está entre os que o acompanhavam de perto (Jo 19:25¹).

Seria o mesmo hoje se estivéssemos diante da entrada no nosso grupo da Suzana Richthofen. Pense como seria conviver com uma mulher que matou os próprios pais? E pior, imagine se você fosse o irmão dela, ou seja, passar a conviver com ela também na família cristã, ao lado de alguém que matou seus pais. Não quero aqui ser hipócrita e dizer que é fácil ter profundidade espiritual, mas também não posso deixar que vivamos as coisas somente na quarta-feira e não na nossa vida diária. O que quero é compartilhar de uma preocupação crescente em que nos tornemos excelentes teóricos do cristianismo, mas péssimos práticos.

É natural ter o pensamento do senso comum, afinal, somos humanos. Mas não é o desejável, é necessário ir além, romper com uma “tensão superficial²” que nos impele a vivermos como cristãos nominais.



Para nossa alegria, Deus reconhece nossa dificuldade e nos ajuda através do seu Santo Espírito que foi derramado em nós (Rm 5.5) a cumprir sua vontade (Fl 2:13). Se assim não fosse, seríamos dignos de tudo porque por nossas forças temos alcançado a Deus. Isso não é verdade, com nossos próprios esforços conseguimos, no máximo, realizar nossos autoprojetos, não os do Pai (Ef 2:8,9). E precisamos ir sempre além, rompendo com o senso comum (Hb 12:1-3), transformando nossa mente para realmente viver o que Deus espera de nós (Rm 12:1,2).

A pergunta que não quer calar: tem algo que lhe impede de viver o cristianismo na prática?

¹ A doutrina cristã tem interpretado ao longo dos séculos que a Mulher Adúltera e Maria Madalena são a mesma pessoa.
² Clique e veja mais sobre o termo na Net.
avatar
Rafa

Mensagens : 131
Data de inscrição : 21/01/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum