Dividindo (semana 25/05 a 24/05) "Divisão do Trabalho"

Ir em baixo

Dividindo (semana 25/05 a 24/05) "Divisão do Trabalho"

Mensagem  Rafa em Ter Maio 26, 2009 9:56 am

Divisão do Trabalho


No evangelho de João, capítulo seis, está representada uma das duas situações do milagre da multiplicação. É interessante notar que após a distribuição do pão a todos, Jesus divide o trabalho solicitando aos discípulos que recolham os cestos que sobraram. Quando da última semana de Jesus antes da páscoa, ele novamente divide uma tarefa com os discípulos, pedindo a dois deles para se adiantarem e irem à cidade buscar um jumento para que ele pudesse montar e cumprisse mais uma profecia (Mateus 21). Há ainda muitas outras passagens em que podemos ver Jesus dividir tarefas com os discípulos.

Hoje sinto que ele quer dividir uma tarefa conosco, a de fazer com que as pessoas se sintam bem na gincana. Vejo isto em Romanos doze, quando Paulo fala de que um corpo tem muitas funções, mas nem todos exercem a mesma. Ou seja, cada um é parte do corpo, cada um de uma função a desempenhar e faz de maneira diferente do outro. Assim, cada um de nós é importante para a equipe Morto Vivo, pois realiza a tarefa de demonstrar amor de maneira completamente diferente do outro. A diversidade, sob este aspecto, tem a capacidade de produzir um resultado de alta qualidade. Vejo mais em Romanos doze:

“O amor não seja fingido. Aborrecei o mal e apegai-vos ao bem. Amai-vos cordialmente uns aos outros com amor fraternal, preferindo-vos em honra uns aos outros; não sejais vagarosos no cuidado; sede fervorosos no espírito, servindo ao Senhor; alegrai-vos na esperança, sede pacientes na tribulação, perseverai na oração; acudi aos santos nas suas necessidades, exercei a hospitalidade (...); alegrai-vos com os que se alegram, chorai com os que choram; sede unânimes entre vós; não ambicionei as coisas altivas mas acomodai-vos às humildes; não sejais sábios aos vossos olhos (...); não te deixes vencer do mal, mas vence o mal com o bem.” Romanos 12:9-21.

Com esta leitura vemos como Paulo disse para que os cristãos de Roma para que se comportassem: agir com amor verdadeiro, não se achar melhor que os outros, antes amar como a irmãos, honrando uns aos outros, ser hospitaleiros, orar para ver Deus agir, ter o foco em Deus com paciência e esperança, ser cuidadosos ao fazer as coisas, são algumas das ordens. É interessante que ele termina a passagem com um resuminho, para que a gente não desista de lutar e vença o mal com o bem.

Estes preceitos são válidos não somente em lidar com quem participa pela primeira vez da gincana. A prioridade continua sendo os novos, que demandam mais dos nossos esforços, mas não podemos esquecer de quem já temos ao nosso lado, dos outros membros do nosso corpo.

Então, como membros em um corpo, há hoje a grande necessidade de servir a Deus de acordo com a maneira pela qual ele nos criou, através das nossas características pessoais. Para que haja resultado no nosso desafio “Eu + um” é preciso que haja trabalho, dentro daquilo que somos. A tarefa não se resume aos sábados, uma ligação durante a semana, um recado no Orkut, qualquer ato pode fazer a diferença na vida do outro. Ao compartilhar das tarefas divididas por Jesus, os discípulos participavam de sua vida, assim também ocorre conosco hoje em dia, temos também este convite da parte dele. Por fim, quero deixar para cada um de nós a prova da semana, do sábado, da gincana, de sempre:


Exercer nossas habilidades para amar como Jesus fez.
avatar
Rafa

Mensagens : 131
Data de inscrição : 21/01/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum